2017_Bienal de Cerveira

A exposição apresentada pela ESAD.CR nesta edição da Bienal de Cerveira integra uma seleção de trabalhos de alunos finalistas da licenciatura e do mestrado em Artes Plásticas, exemplificando algumas das abordagens praticadas nesses cursos. Cada um marca um momento de um percurso em formação e expansão, testando limites e forças específicas da contemporaneidade, fora de qualquer constrangimento com as convenções históricas de suportes ou técnicas. Em muitos deles, entrevemos o desejo de interrogar o sentido das imagens e das formas, recolocando a questão da força da imagem e da obra de arte num mundo saturado e com excesso de informação. Agradecemos à direção da Bienal de Cerveira, o convite feito para participar na exposição reiterando uma cooperação informal e duradoura que muito nos honra; aos alunos Adriana Proganó, Ana Carolina Melo, Ana Marcelino, André Lopes, Cathy Silva, Constança Bettencourt, Cristina Cabaço, Dino Santos, Filipa C. Duarte, Guilherme Figueiredo, Guilherme Serra, Patrícia Henriques, Pedro Rolo e Tatiana Francisco, o seu empenho e a merecida exposição pública do seu trabalho; às coordenações dos cursos de licenciatura e mestrado em Artes Plásticas, a seleção dos trabalhos a expor e o acompanhamento na preparação da exposição. O sentido do que fazemos diariamente enquanto Escola, enquanto professores motivados pela interrogação do mundo contemporâneo e pelos essenciais gestos das artes, revivifica-se quando a presença enigmática destas obras e o olhar intransmissível dos seus autores se inscreve no mundo, disponível para a partilha e para suscitar o pensamento, a contemplação, a comoção e o espanto, que é muitas vezes na arte, a antecâmara da alegria.

   

 

 

Anúncios